tuocatu

Archive for the ‘Sem-categoria’ Category

Novos desafios e vontades

In Sem-categoria on abril 27, 2009 at 8:27 pm

Logo vou entrar na água, talvez passe um pouco essa dor de cabeça. A natação tem sido algo gostoso de se fazer e realmente traz benefícios, me sinto bem e saudável. Estou pensando em ir ao Quebec, morar por lá e virar cidadão mas não sei se terei a companhia dela. Ela não quer ir pois tem seus objetivos por aqui e eu acho certo que ela fique e cumpra o que realmente quer. Se realmente for não sei quando voltarei, ficarei por no mínimo três anos e se gostar … só volto a passeio. Para tanto preciso começar a cursar francês e me aprimorar na profissão de programador. Agosto é a data de início para o curso e o resto ainda está sendo rascunhado!

.

Estudando

In Sem-categoria on abril 23, 2009 at 11:40 pm

Eu aprendi java Me e EE na empresa que trabalho. Já estou lá a dois anos e desenvolvi muitos servlets, aplicações clientes para celulares, webservices, usei struts e muitas outras tecnologias. Porém sempre quis fazer um curso ou me aprofundar mais no assunto, principalmente web java EE, e tirar umas certificações Sun .. então comecei comprando “Use a Cabeça! Servlets & JSP”. Bom! muito bom!!! realmente fantástico .. poderia ter comprado antes. Estou acomplanhando todos os exercícios e está sendo muito válido e divertido.

A volta à piscina.

In Sem-categoria on janeiro 8, 2009 at 10:58 pm

Essa semana está sendo super recompensadora! Foi entrar na água que lembrei de meus doze anos quando praticava natação. Lembrei de cada momento que passei na época e isso foi muito gostoso. Essa foi minha primeira aula após vários anos sem natação.

Dobrei meu prato de cada refeição. Estou mais disposto e feliz. A corrida para uma nova vida começou!

Cansado de repetir a mesma frase!? Eu te amo!

In Sem-categoria on dezembro 26, 2008 at 11:00 pm

Acabei de ler dois posts que falam um pouco sobre o excesso de “Eu te amo” em uma relação. Onde a frase acaba se tornando tão automática que esconde o verdadeiro sentimento que pode estar rolando entre o par. Os posts me chamaram a atenção pois percebi que isso é comum entre mim e minha namorada. Vou parar esse vício e tentar usar a frase quando sentir necessidade e amor. Pois você falando isso tantas vezes acaba forçando o mesmo retorno “Eu te amo” que muitas vezes não será tão forte quanto você esperava .. mas sim um simples retorno automático, também.

Adcionei o link para o blog .. nos links.

Conhecendo os problemas

In Sem-categoria on dezembro 15, 2008 at 10:24 pm

A faculdade acabou. Agora busco algo para preencher o tempo, além do namoro. Talvez um curso, não sei ainda. Quem sabe fazer alguma atividade física melhore minha auto-estima. Andei pensando … qual será o motivo de eu sentir muito ciúmes. Em vez de fugir disso e tentar buscar algo para me defender pretendo entende-lo e então vou conseguir acabar com o problema. Cheguei a concluir que acabo me sentindo fisicamente inferior a uma pessoa e então sinto medo de que isso pode afetar meu relacionamento e então perdê-la. É o medo de perder algo seu para uma força maior que você acaba aumentando pois abaixa todos seus pontos a favor da força maior. Algo relamente estranho.

Acredite, aprendemos com nossos erros.

In Sem-categoria on dezembro 2, 2008 at 10:20 am

Voltar a ter confiança em alguém que já faltou com isso é realmente complicado. Viver nessa desconfiança é um horror que traz raiva, decepção, pesadelo, medo, tristeza, atrasa a vida e não deixa ninguém em paz. Até que ponto dar a liberdade e não se preocupar em ser desrespeitado? e não viver com essa constante idéia de que algo está errado. Quais são as chances de viver um pesadelo passado? Aceitar o erro e ignorar o dano causado em sua consciência será um ato de coragem e perdão ou um desrespeito a si próprio?

Continuar nessa busca insaciável por algo que confirme que não é mais necessário desconfiar, levará ao fim. Será um jogo de sorte por toda a vida. Acredite que nada haverá e nada haverá. Acredite que você poderá se decepcionar e então, se decepcionará.

Nunca aceite para ficar se perguntando depois.

DP corrói

In Sem-categoria on outubro 2, 2008 at 12:20 am

Minhas DP’s estão me matando! Não aguento mais ter que ir pra faculdade assistir aulas que já fiz mas que infelizmente não fui esperto o suficiente pra fazer direito. Pior é não ter mais seus amigos por perto, quando todos já terminaram e você ainda lá, tendo que terminar o que faltou. É horrível e faz meu humor descer a menos zero, menos que zero, menos mil. Pior que isso é chegar atrasado pras aulas depois de um trânsito imenso na volta do trabalho. Perde-se a aula, sabe-se menos, aprende-se nada, tem-se menos ainda vontade de terminar alguma coisa, terminar essas DP’s.

Tarde da preguiça.

In Sem-categoria on agosto 9, 2008 at 6:05 pm

Bom, ela não quis vir aqui em casa .. tomar um café e comer um bolo de chocolate que minha irmã acabou de fazer, que só de ver já fiquei com fome. O problema foi a chuva. Também não estou com vontade de sair. O problema é a chuva. Vou tomar um cafezinho e comer um pão com queijo pra depois me deliciar com o bolo.

Terminei de assistir a um programa na Discovery Health .. 10 anos mais jovem!!!? se não me engano, era esse o nome. E, nossa! eles realmente fizeram uma mulher, de 50 que aparentava 60 e pouco, parecer ter 40 anos!!! Fiquei impressionado .. Antes eu olhava e pensava – impossível! – mas, depois o pensamento mudou – Nossa, que senhora bonita! – Realmente um retoque na aparência faz muita diferença.

Chega de ficar digitando .. já se foi uma hora desde que saí pra comprar bolo. Não sei se vou sair hoje para comprar o presente de meu pai. Talvez só amanhã. O problema é a chuva! E .. pro fim da tarde, dormir com a namorada, talvez assistir a um filme. Porém, eu queira é que ela estivesse aqui .. deitada em meu colo e tomando café comigo.